Home Área de clientes
Acreditamos que os melhores investimentos assentam em relações duradouras entre as partes

Notícias & Novidades

Virgílio Garcia CEO da Sixty Degrees em entrevista ao Dinheiro Vivo / Lusa

Sociedade de ex-quadros do BPI quer gerir 100 milhões de euros em três anos.

O empresário Filipe de Botton e Alexandre Relvas são ‘partners’ da sociedade de investimento.

A sociedade gestora de investimentos Sixty Degrees, fundada por ex-quadros do BPI, quer gerir 100 milhões de euros em três anos, estando neste momento a angariar clientes nesse sentido, adiantou à agência Lusa o presidente executivo da empresa.

A Sixty Degrees foi lançada em outubro do ano passado como “sociedade gestora independente”, por iniciativa de uma equipa que trabalhava no BPI, na mesma área, explicou Virgílio Garcia.

“Decidimos que era altura de criar uma sociedade independente, com toda a experiência que já tínhamos acumulada. Estamos convictos de que as sociedades independentes em Portugal fazem sentido”, adiantou.

A sociedade faz “uma gestão global em termos de alocação de ativos das carteiras dos clientes e depois tem um invólucro que é um fundo mobiliário, tipo PPR”, adiantou o presidente da Sixty Degrees.

“Para o cliente que compre unidades de participação desse fundo, nós é que enquanto profissionais decidimos como alocar os ativos dessas carteiras”, detalhou Virgílio Garcia.

Neste momento, a sociedade conta com perto de 50 clientes, entre os que já estão no fundo e outros em fase de estudo.

“Ainda estamos a gerir só 4,2 milhões de euros”, referiu Virgílio Garcia, recordando que a empresa está a funcionar há pouco tempo, mas o objetivo é “a três anos chegar aos 100 milhões de euros”.

Segundo o presidente executivo, cada vez mais os clientes “encontram valor” na independência com que são geridos os ativos, tendo em conta que a maioria destas sociedades está integrada em bancos.

“Entramos neste mercado num momento importante, acho que os clientes estão à procura de uma sociedade independente e sem conflitos de interesses”, destacou.

“Em 2020 esperamos conseguir passar a nossa mensagem” quanto aos “produtos de mercado de capitais, neste caso de fundos de investimento, e com isso crescer para o montante que temos definido no nosso orçamento”, ressalvou Virgílio Garcia.

A equipa da Sixty Degrees conta, além dos ex-quadros do BPI, com nomes conhecidos, como Filipe de Botton e Alexandre Relvas, ‘partners’ da sociedade.

Saiba mais na versão online do Jornal Dinheiro Vivo.

Weekly notes

Weekly Note

A Nova Rota da Seda da China Aceda à Weekly…

Ler artigo
Weekly notes

Weekly Note

BCE vs Fed Sixty Degrees assinala algumas diferenças entre os…

Ler artigo
Weekly notes

Weekly Note

TARGET 2 – Um desequilíbrio não intencional? O que é…

Ler artigo
Weekly notes

Weekly Note

Confiança - uma variável que escapa ao domínio dos Bancos…

Ler artigo
Weekly notes

Weekly Note

Abordagem Cíclica versus Linear A Sixty Degrees reconhece as vantagens…

Ler artigo
Imprensa catarina

Chart of the Week - “GAAP earnings” e “corporate profits”

O 'Chart of the Week' desta semana é da autoria…

Ler artigo
Imprensa

Sixty Degrees PPR/OICVM Flexível é o único fundo com categorização Flexible Allocation

Num análise efetuada pela Funds People, o Fundo Sixty Degrees…

Ler artigo
Weekly notes

Weekly Note

British Consols e a solução europeia Sixty Degrees revisita as…

Ler artigo